Envie seu Curriculo



O UK Fighter " HERMES FRANÇA" , um pouco da história, é um Ícone para quem ama Jiu Jitsu e MMA, confira!

Uma história de vida, sensacional! Conheça esse nome que já esta na história da luta no mundo.

         

     Acompanhe a entrevista com Hermes França, um ícone das lutas no Brasil, faixa preta que fez história no UFC, e um dos brasileiro pioneiros no Estados Unidos, falemos de Jiu Jitsu, academias, desafios, polêmicas e lutas fora do Brasil.


 Entrevista com UK FIGHTER HERMES FRANÇA.





1.UKC_ Hermes tudo bem? Quem é o Hermes França hoje? Como você se definiria?


 H F –  Está indo tudo bem, com muito trabalho e dedicação, como eu me definiria? Um samurai!!!



2.UKC – Quem descobriu você nos EUA, dizem que você estava trabalhando em outra atividade quando Conan Silveira te encontrou. Foi isso mesmo? Conte-nos um pouco da história.


H F – Cheguei nós Estados unidos e comecei a trabalhar, aos poucos conhecia algumas pessoas do jiu-jitsu, entre ele o Edson Diniz no qual eu dava um treino aqui e outro ali, foi quando lutei o campeonato estadual de jiu-jitsu em Orlando - Flórida , no qual me consagrei campeão na categoria e absoluto, e o Dan Lambert , hoje (dono da American Top Team) na época Silveira Brothers (Marcelo Silveira e Conan Silveira) , então o Dan me convidou a treinar por intermédio de um amigo o Wilson Gouveia.





3. UKC – Você era exclusivo atleta de MMA ou tinha turmas de Jiu Jitsu na ATT (American Top Team)?




H F –  Na época do MMA fui 100% atleta, não dava aulas, só agendadas ,treinava MMA jiu-jitsu, funcional etc..



 @desafiouk


4 . UKC – A “Armore “ fundada por você após sua saída de ATT, era uma academia estruturada? Como foi essa experiência de abrir sua própria escola? Nos conte um pouco sobre isso. E porque não existe a Armore em Fortaleza.


H F – A Academia Armory só tinha tatame, aonde algumas pessoas treinavam mais o NoGi, fiz a introdução' do o Jiu Jitsu e com apenas um ano estava lotada, com meu sócio um dia fomos a ATT e um dia viajamos para Las Vegas para ver um UFC daí voltou a paixão do MMA e focamos nisso. Foi uma experiência incrível. Ter uma sede no Brasil é difícil, principalmente não tendo a presença do líder




5. UKC- A saída da ATT, gerou algum mal-estar? Como foi a saída?


H F – Sim , gerou sim, posso falar eu fui culpado na época, um pouco arrogante e de opinião forte, apesar de ter sido e ido pra Armory no qual la fiz 10 lutas de MMA em menos de um ano e lutei pelo cinturão, sentia falta sim da ATT, na verdade de algumas pessoas de lá.



 6. UKC - Existiu uma luta, muito comentada entre você e seu antigo professor, no Cage, à época foi muito comentada. Nos conte um pouco disso, e o que motivou isso à época? Se não nos enganamos você saiu vencedor.



H F –  Sim, contra o Marcus Aurélio, na realidade iria lutar contra o Tibau, acabou que ele se machucou, quando me ligaram e falaram que já tinham um oponente e que pra minha surpresa, era o Marcus Aurélio, e que na realidade o desafio veio dele e não de mim. Fiquei surpreso mais aceitei. Muitas pessoas pensaram que o desafio foi meu, mas não. Ganhei a luta por decisão, e foi colocado um ponto final nessa história.



7. UKC – Acompanhamos recentemente uma luta sua na Rússia, onde você finalizou uma oponente revelação Russa com uma guilhotina. Fale um pouco da luta, e em quantos países você já lutou excetuando-se o Brasil?



H F – Foi no Akhmat , um evento enorme e com grandes lutadores e times. Em cinco anos de volta ao Brasil, já lutei na China, Espanha, Cazaquistão, Tajiquistão, Chechênia. Hoje sinto falta de um grande time de MMA como temos fora. No Brasil é difícil, principalmente em Fortaleza pois não tem essa estrutura e grandes profissionais.



8. UKC – De volta ao Brasil você está radicado em Fortaleza- CE, você usa em sua escola as estratégias administrativas que aprendeu nos EUA? Se usa nos comente de uma boa estratégia usada por você.



H F - Hoje não tenho minha academia própria, até pelo fator financeiro, um gasto muito grande, que é recompensado lógico, com alguns anos, porque colocar um tatame e um banheiro (eu não chamo de academia) principalmente com grandes academias ao redor. Então dou aulas em duas Academias na qual chamo de minha, consigo muitos seminários,  lutas e aulas particulares para alunos particulares também.


 envie



9. UKC – Você foi convidado a lutar a segunda temporada do DESAFIO UK CHAMPIONS, pelas palavras do promotor do evento  que te  exaltou como um Leão,  “ saindo para guerra “ com grandes nomes do pano. Que você achou do evento? A nova roupagem dobrou o número de atletas, ficou mais difícil? Apesar de 12 atletas no GP o tempo de descanso é de cerca de 30 min ente as lutas. Fale sobre.


H F – O DESAFIO UK CHAMPIONS foi demais, Cláudio Caloquinha , Gabriel Rollo , Felipinho entre outros monstros do jiu-jitsu, como seria um evento em outro estado não estava esperando o que vi, um evento super profissional , top e lapidado com grande nomes, o próximo será com mais monstros ainda, agradeci demais o convite, mais conheço o meu limite (risos). Estou esperando se sair, uma luta casada, para esse evento queria estar dentro, será imperdível.

  
10. UKC – Existe estudos já do DESAFIO UK CHAMPIONS realizar um evento em Fortaleza, seria uma boa oportunidade dos cearenses conhecerem a roupagem do evento. Acha que seria uma boa? Sabemos que você é um dos olheiros do evento aí na terra do Sol.


H F –  Não só em Fortaleza como em qualquer Estado, esse evento será casa cheia, farei o possível pra ter evento aqui na terra do sol.


  
11. UKC – Hermes é um prazer saber o que uma lenda do esporte pensa e aprender um pouco com suas experiências. Ao nosso público, suas palavras finais e agradecimentos caso haja.


  
H F - Satisfação e toda minha , obrigado a família UK CHAMPIONS , meus votos são de total sucesso e que esse evento voe alto, quero agradecer a Deus primeiramente, minha família querida, minha namorada e companheira de todas as horas @tatianbjj , ao meu time @ubuntu.hf / @ubuntujiujitsu e patrocinador @acailandia.oficial / @leandrocamara E me sigam no insta @hermesfrancabjj  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.